Qual a origem da Starbucks?

Tradicionalmente, o brasileiro, é um grande apreciador do café. É impossível imaginar um lar no Brasil, em pleno século 21, que não tenha apreço por um bom cafezinho fresco?

Seu aroma incendia nosso desejo e alimenta nossas paixões. O café é unanimidade entre muitas pessoas no mundo.

Existem milhares de opções de cafezinhos. Grãos de primeira categoria, grãos de segunda, capsulas de café expresso; entre outras opções.

Um dos melhores locais para conseguir um café de qualidade é no estado de Minas Gerais e São Paulo, mas há um terceiro: a Starbucks.

A rede americana, famosa por seu café, e por seus doces, entrou timidamente no Brasil, mas aos poucos foi fazendo seu nome e ficando muito popular entre o povo brasileiro. Não é difícil entender como a Starbucks ficou famosa no país do café.

É fácil ter referências da Starbucks pelos seus famosos cafezinhos com copo personalizado, rosquinhas adocicadas e um ambiente aconchegante para bate-papos intensos e filosóficos.

Mas você sabe qual a origem da Starbucks? Não?!

Acompanhe-nos e descubra a origem da fantástica fábrica de cafezinhos, em menção da famosa fábrica de chocolates dos filmes.

Nascida por intermédio de três intelectuais

A Starbucks é famosa por seu ambiente informal, mas ao mesmo tempo fino. É comum encontrar lojas Starbucks dentro de livrarias, em endereços de renome e shoppings.

É um ambiente convidativo para conversar, reflexionar sobre assuntos diversos, reuniões de negócios e conversas informais.

A origem do Starbuks remete a uma trindade de intelectuais. Dois professores e um escritor são os país da “criatura”.

Jerry Baldwin

Professor de inglês em Ford ORD, na Califórnia, Jerry Baldwin nasceu no dia 24 de março de 1939, em Seattle, Estados Unidos.

Tendo trabalhado em uma loja de café, e adquirindo assim, uma experiência muito importante que talvez tenha o influenciado a conceber a ideia de iniciar a Starbucks.

Zev Siegl

Zev é um dos fundadores da Starbucks. Nascido em 28 de dezembro de 1942, em Detroit, o professor de história trabalha atualmente como palestrante e orientador de MBA.

Ele foi presidente da Starbucks durante uma década.

Gordon Bowker

Gordon era um escritor quando se juntou aos outros dois elementos da trindade Starbucks. É creditado a ele a criação do nome “Starbucks” e também é de sua responsabilidade a cor característica da logomarca, o verde predominante.

Bowker e Baldwin venderam suas partes da Starbucks para Howard Schultz e um grupo de investidores em 1987.

Fundação da Starbucks

A Starbucks foi fundada em 1971, com foco em revenda de grãos; mas a famosa loja só começou a oferecer o tradicional café expresso em 1987, com venda das participações de Bowker e Baldwin a Howard Schultz e associados.

Howard enxergou o potencial das bebidas quentes e do café gourmet.

Sua expansão foi tão rápida que atualmente temos mais de 25 mil lojas espalhadas pelo globo terrestre.

A queridinha do café é especialista em diversos tipos de bebidas quentes e frias. Há diversos tipos de café, chás e diversas outras opções de bebidas e comidas no cardápio Starbucks. Pode-se escolher bebidas quentes e frias de acordo com o gosto do cliente.

O cliente também pode escolher o tipo de bebida baseado nos grãos que são importados de diversos países ao longo do mundo.

Lojas do Starbucks costumam ser aconchegantes ao ponto de ter poltronas confortáveis, mesas para colocar bebidas, livros e até mesmo Wi-Fi gratuito.

Uma curiosidade é que o aroma do café é algo altamente valorizado pela empresa. O aroma é algo que atrai o cliente pelo romantismo e mexe com a emoção do mesmo a ponto de fazê-lo comprar uma bebida quente, e um doce delicioso. Alguns são clientes fiéis com direto a cartão personalizado.

No Brasil você pode encontrar lojas da Starbucks em diversas localidades, basta acessar o Google Maps, ou o próprio site oficial da marca no Brasil.

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>