Porque consumir colágeno?

Mais e mais vezes ouvimos sobre a importância de tomar colágeno todos os dias. Podemos até encontrá-lo em produtos cosméticos ou levá-lo com alguns alimentos que o contêm naturalmente.

Mas você sabe o que é colágeno e para que serve? Neste artigo explicamos de forma simples por que tomamos colágeno, então continue lendo e depois inclua em sua dieta diária.

O que é colágeno?

O colágeno é uma proteína, a mais abundante no corpo humano, um elemento estrutural da pele, ossos, dentes, membranas, córneas, vasos e tendões.

Representa cerca de 30% da massa total de proteínas do nosso corpo e cerca de 80% de todo o tecido conjuntivo.

Em palavras mais simples, podemos dizer que o colágeno é a cola das nossas células. Sem isso não haveria coesão no corpo humano.

A saúde da sua pele, tanto facial como corporal, está intimamente ligada à presença de colágeno, pois essa proteína compõe grande parte da derme, sendo responsável por sua compactação.

É por isso que, quando a pele produz menos colágeno, ela começa a perder o tom.

Para aumentar o colágeno, não há necessidade de recorrer a intervenções caras ou pílulas e outros produtos no mercado. Os especialistas concordam que a alimentação é a melhor opção para se manter jovem.

Seu corpo é capaz de produzir essa proteína naturalmente. São as células do tecido conjuntivo, os fibroblastos, que o geram.

Por que se perde colágeno com o tempo?

A produção de colágeno endógeno é fisiologicamente reduzida ao longo dos anos. Comece já a diminuir de 25 anos e os primeiros efeitos, sob a forma de rugas, tornam-se perceptíveis após os 35 anos de idade.

Com a diminuição do colágeno, a estrutura epitelial torna-se menos forte e, consequentemente, a pele fica menos elástica. A pele parece mais fina, o cabelo é menos forte.

De fato, existem alguns fatores que aceleram a perda dessa proteína: Exposição excessiva ao sol, fumo, poluentes, substâncias tóxicas e estresse aumentam a produção de radicais livres, que afetam o colágeno existente.

A queda dos hormônios que ocorre durante a menopausa é outro fator determinante.

Tomar medicamentos que inibem a absorção adequada de vitaminas e minerais afeta negativamente a produção de colágeno.

Colágeno hidrolisado, como é obtido?

Para pessoas que já sentem o nível do colágeno diminuir, o mais indicado é consumir o colágeno hidrolisado, como você já pode imaginar, o colágeno hidrolisado é obtido através de diferentes processos de hidrólise, que podem ser do tipo térmico, ácido, alcalino ou enzimático.

A hidrólise serve para reduzir as cadeias de aminoácidos que compõem o colágeno em fragmentos menores da proteína, com consequente diminuição do peso molecular.

Por que é hidrolisado? Porque desta forma favorece a sua absorção, tanto alimentar como cutânea, ou se as suas propriedades gelificantes são modificadas, reduzindo ou mesmo aumentando-as.

De fato, a gelatina não é outra coisa senão o colágeno desnaturado, que atrai a água que permanece presa dentro de sua malha.

Colágeno hidrolisado, o que faz bem?

Esta questão quase pode ser respondida: para tudo. Quando o colágeno hidrolisado é coletado, geralmente o principal objetivo da suposição é ajudar o corpo na produção e absorção do mesmo colágeno.

Já vimos o conjunto de propriedades ligadas a essa molécula preciosa, por isso é fácil entender que, se o corpo é ajudado a sintetizar essa substância, os benefícios que podem ser obtidos são praticamente totais.

A pele, ossos, cartilagem são todas as partes que só poderiam se beneficiar de um aumento de colágeno.

O colágeno hidrolisado acaba por ser um excelente aliado na prevenção de osteoporose ou fenômenos artísticos em geral, por exemplo. Bom para a pele, é altamente recomendado como um produto antienvelhecimento.

Leave a reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>