Passo a passo para tirar o RG em Porto Alegre

Passo a passo para tirar o RG em Porto Alegre

A apresentação da carteira de identidade RS é solicitada em muitas situações comuns do dia a dia e é por isso que todo cidadão deve ter esse documento.

Passo a passo para tirar o RG em Porto Alegre

O Instituto Geral de Perícias (IGP) do Rio Grande do Sul é o local indicado para crianças e adultos emitirem o seu RG, que é gratuito na primeira via. 

O agendamento é virtual, assim como o seu cancelamento, caso a pessoa não possa mais comparecer. Inclusive, não há punições para quem cancelar: imediatamente, já dá para escolher outro dia e hora no sistema do IGP.

Agendamento carteira de identidade RS

O agendamento pode ser efetuado no site do Instituto Geral de Perícias de forma simples:

  • Acesse aqui;
  • Escolha “Porto Alegre” na área “Cidade de atendimento”;
  • Clique em “Continuar”;
  • Escolha a hora, o dia e a unidade

Se você precisar cancelar o agendamento que já fez, basta clicar aqui e informar os dados pedidos. O ideal é fazer o cancelamento com até 24 horas de antecedência para dar chance a outros cidadãos de usar o horário.

Documentos para a carteira de identidade RS

Os documentos solicitados pelo Instituto Geral de Perícias variam um pouco, considerando o perfil de quem precisa da carteira de identidade:

  • Certidão de casamento, nascimento, viuvez ou divórcio;
  • Para menores de idade, os documentos do responsável, além da sua presença;
  • Comprovante de permissão para viver no Brasil ou naturalização

As instruções oficiais do IGP não mencionam foto 3×4 e, por isso, entende-se que ela é tirada no local, no dia do pedido da carteira de identidade. É necessário, contudo, obedecer a algumas instruções, como:

  • Não estar de boné ou chapéu;
  • Não usar roupa clara;
  • Não usar acessórios muito grandes;
  • Não usar óculos

Cabe lembrar que os cidadãos podem solicitar a inclusão de alguns documentos na sua carteira de identidade. Se for o caso, é só levar o original e a cópia desses documentos e algumas opções são:

  • Número da carteira do SUS;
  • CPF;
  • Carteira Nacional de Habilitação;
  • Tipo sanguíneo;
  • Carteira funcional;
  • PIS/PASEP/NIT

A inclusão dessas informações adicionais não torna o RG mais caro, ou seja, a taxa de emissão a partir da segunda via é sempre igual. 

Quanto custa a carteira de identidade SC?

Como já dito, o Estado do Rio Grande do Sul não cobra nada para emitir a primeira via da carteira de identidade.

Já a partir da segunda via, o custo é de R$ 71,10 e, se a pessoa quiser uma versão expressa, que é mais rápida e emitida totalmente pela Internet, o valor passa para R$ 92,43.

Existem casos de isenção, de acordo com o exposto abaixo:

  • Casos de roubo ou furto;
  • Pessoas idosas;
  • Erro de digitação cometido pelo IGP. Neste caso, é preciso fazer a reclamação em até três meses

Para conseguir a gratuidade nos casos de roubo ou furto, é obrigatório ter registrado o Boletim de Ocorrência anteriormente e levá-lo; ele também é obrigatório nos casos em que a carteira de identidade é perdida. 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>