Existem remédios caseiros para disfunção erétil?

A disfunção erétil é uma doença que afeta a vida dos homens, e causa dificuldade ou chances de se ter uma ereção satisfatória para o ato sexual, podendo levar a distúrbios emocionais significativos.

Saiba, que muitas vezes a doença pode ser controlado com remédios naturais, sem a necessidade do uso de drogas industrializadas, que são muito eficazes para promover uma boa ereção.

Veja abaixo quais são os remédios naturais que você pode usar para controlar a disfunção erétil, e os medicamentos tradicionais receitados por médicos.

Remédios caseiros para tratar a disfunção erétil

Veja abaixo alguns remédios caseiros para tratar a disfunção erétil:

Maca peruana

A maca peruana é um tubérculo nativo do Peru, onde lá ela é consumido como um alimento, mas não se tornou popular no mundo todo como um poderoso suplemento.

Ela é considerado um superalimento devido aos seus valores nutricionais, já que mesmo consumida em pouca quantidade é muito energético.

A maca peruana também age como um estabilizador hormonal natural, tanto em homens quanto mulheres, devendo-se consumi-la todos os dias para aproveitar melhor os seus efeitos.

No Brasil, é possível encontrar diversos suplementos que contêm maca peruana em sua composição, sendo o xtrasize original um dos mais conhecidos. Muitos homens se perguntam se esse produto é realmente eficaz, e no vídeo abaixo o leitor pode visualizar um depoimento para conferir se xtrasize funciona mesmo.

Banhos de sol

Você sabia que um simples banho de sol pode te ajudar a tratar a disfunção erétil? Isso porque, a luz solar de certos horários, possui a virtude de revitalizar nosso corpo, mas devemos fazer isso em intervalos curtos, de no máximo 10 minutos, e diariamente.

A importância do banho de sol para a disfunção erétil, é que esta técnica ajuda a repor a falta de vitamina D no organismo masculino, e o banho de sol é a melhor forma de repor essa vitamina.

Gingko biloba

O gingko biloba é uma planta medicinal utilizada para diversos fins, e sua característica é a capacidade de oxigenar melhor nosso corpo.

Por esta razão, que ele é bastante prescrito para tratar de forma natural distúrbios cerebrais, má circulação e, para este caso, favorecer um bom suprimento de sangue para o órgão sexual masculino.

Mas atenção, o gingko biloba nunca deve ser tomado por mais de 3 meses, já que isso é preciso para ele continuar eficaz e não ser prejudicial a sua saúde, por isso, faça intervalos e consumi-lo sempre de forma sazonal.

Uma dica é descansar 1 ou 2 meses e voltar a tomar novamente ou combiná-lo com outros tipos de suplementos.

Mel e canela

A combinação de mel e canela também é um ótimo remédio natural para diversos males, e pode ser utilizada para tratar a disfunção erétil.

Essa é uma solução eficaz para aumentar a libido dos homens e, inclusive das mulheres, melhorando a circulação do corpo em geral.

Mas, para o remédio natural ser eficaz, é preciso se certificar da escolha da canela, que ser do tipo Ceilão, já que essa variedade possui mais propriedades medicinais e não traz muitos riscos quando consumida em grandes quantidades.

Veja a receita de mel com canela abaixo para tratar a disfunção erétil:

Ingredientes

  • 5 colheres de mel ou 125 g
  • 5 colheres de sopa de canela Ceilão ou 75 g

Modo de preparo:

  1. Misture os dois ingredientes e reserve em um pote.
  2. Tome sempre uma 1 colher de sopa meia hora antes de cada refeição.

Tratamento para a Disfunção erétil com medicamentos

Em muitos casos a disfunção erétil pode não ser tratável com medicamentos naturais e, neste caso, o médico pode indicar o uso de drogas industrializadas específicas para essa doença.

Hoje os médicos costumam prescrever medicamentos orais chamados inibidores da fosfodiesterase tipo 5, como:

  • Sildenafila
  • Vardenafila
  • Tadalafila

Ainda, quando o uso dessas medicações orais não resolve, existem outras tipos de tratamento como as injeções de vasodilatadores e as próteses penianas, em último caso.

Mas lembrando, apenas um médico pode dizer qual o medicamento é o mais indicado para o seu caso, assim como a dosagem correta. Procure sempre a ajuda de um médico especialista, e nunca se automedique.

Quanto custa seu carro na real?

Tá querendo trocar de carro? Tá pensando em financiar ele? Você é do tipo que pensa: “se a parcela do financiamento cabe no bolso, então tá tudo certo. Posso levar o carro para casa.”? Então hoje eu vou te apresentar alguns outros aspectos, algumas outras contas que você deve fazer antes de sair por ai comprando um carro.

Antes de eu te apresentar esses números, o ideal é você comprar um carro à vista. Se você tá pensando: “ah, mas eu tenho condição, ninguém compra carro à vista!”, então, depois de eu te mostrar esses números, talvez você reveja os seus conceitos e pense que sim, vale mais a pena você aguardar um pouco mais e poupar dinheiro para comprar o seu carro à vista.

Vamos partir do exemplo que você vai comprar um carro de 50 mil reais e você vai dar de entrada 15 mil reais para esse carro, ou seja, vão ficar 35 mil reais a serem financiados. Você vai lá no banco e pede 35 mil reais financiados em 48 vezes, ou seja 4 anos. O banco vai te dar esse empréstimo, esse financiamento com uma taxa de aproximadamente 1.8% de juros ao mês.

Ai, tá bom, você conseguiu por 1.2, o seu vizinho conseguiu por 2.4, ok! Mas o meu exemplo aqui é 1.8, certo?! Esse valor de 35 mil reais vezes essa taxa de 1.8 vai te custar 63 mil e esse é o só o valor do financiamento. A parcela desse financiamento vai te custar 1.312 reais e 50 centavos em 48 vezes, ou seja, 4 anos do seu orçamento estão comprometidos em 1.312 reais.

O que considerar antes de financiar um carro

Agora, eu vou te mostrar os outros valores que a gente precisa considerar na hora de comprar um carro, de financiar ele. Eu vou mostrar alguns valores aqui que você vai pagar uma única vez, porém dividindo eles por 12 meses, a gente vai ter uma noção de quanto ele vai te custar por mês o carro e não só:

“Ah eu paguei isso na entrada, eu paguei isso no mês 6…” Não, a gente vai dividir todos os gastos mensalmente para você ter uma média ok?! O Dpvat custa aproximadamente 100 reais e o custo do despachante, na hora que você vai lá retirar o seu carro da concessionária, vai custar em torno de 350 reais. Esses dois gastos juntos vão sair pelo valor de 450 reais, ou seja, 37 reais e 50 centavos todos os meses durante 1 ano.

O IPVA do carro custa aproximadamente 4% do valor total da tabela Fipe Webmotors dele. 4% de 50mil vai te custar 2 mil reais por ano. Dividindo em 12 parcelas ai custar por 166 e 67 centavos todos os meses.

O seguro do carro custa em torno de 5% do valor dele, ou seja, ele vai custar aproximadamente 2.500 reais por ano. Dividindo por 12 meses vai custar 208 reais e 33 centavos. Vamos supor que no primeiro ano você vai ter somente uma revisão do carro e ele vai custar 400 reais. 33, 33 reais todos os meses.

O abastecimento do seu carro, vamos considerar que você vai fazer uma vez na semana e o valor do tanque dele vai custar 160 reais, ou seja 160 vezes 4 = 640 reais todos os meses. E esse valor a gente não divide em 12 não viu, porque é todos os meses.

Repare que eu não estou considerando o seguro mais caro, aquele que cobre uma franquia maior para terceiros, não estou considerando acessórios para o carro, nem acidentes ou qualquer tipo de manutenção que você venha a ter.

Somente o básico para você poder manter esse carro. Agora eu vou mostrar uma tabela para você, mostrando a soma de tudo isso, o quanto vai custar no seu orçamento. Vamos a soma 37 reais e 50 centavos do Dpvat mais as taxas de despachante, 166 reais e 67 centavos do Ipva, 208 reais e 33 centavos do seguro, 33 reais e 33 centavos da revisão, 640 reais de combustível, totalizando em 1085 reais e 83 centavos. Ficou surpreso?

Pois é, é duro quando a gente coloca no papel né, mas é muito melhor você fazer isso antes de comprar o seu carro do que depois você levar um choque, você ter uma surpresa, pensando que o teu carro tá te consumindo muito mais, quase o dobro do que você esperava, porque afinal você só tinha considerado o combustível e no máximo o financiamento dele.

Não adianta você vir justificar, dizendo que nos próximos anos não vai ser tão caro, porque o carro ter uma desvalorização e não vai mais ter custos com o despachante, porque vão ter coisas muito mais caras, como mais manutenções e a troca de pneus, isso são só pequenos exemplos que você vai ter a mais com o seu carro, com o passar dos anos e acaba compensando aquele valor que você pagou do despachante.

Você já sabe né, tá ciente, que logo que o carro põe a primeira rodinha dele para fora da concessionária que você comprou, ele já desvalorizou, não pode mais ser vendido como zero quilômetros. E, vamos considerar uma desvalorização de 7% ao ano e olha que eu to sendo boazinha e conservadora.

Se você quiser, pode dar uma boa procurada na tabela Fipe ou valores de carros seminovos, com pouquíssima rodagem, você vai ver que o valor, o preço que desvaloriza é muito mais alto. Então o seu carro que valia, até você tirar ele da concessionária, 50 mil reais, agora se você for vender ele, você vai conseguir no máximo 46 mil e 500 reais.

Então você pagou os 63mil reais pelo seu carro, só no financiamento, mais os 15 mil que você deu de entrada, ou seja, você pagou 78 mil reais por um carro que custaria no máximo 50 mil se você pagasse à vista e se você fosse vender ele no mesmo dia que você comprou, no máximo, você conseguiria vende-lo por 46 mil e 500 reais.

Agora eu vou te mostrar uma tabela da desvalorização desse carro nos próximos 4 anos, que é o tempo que você vai estar pagando pelo financiamento
dele. No ano um, o seu carro vai valer 46 mil e 500 reais, no ano dois ele vai valer 43 mil 245 reais, no ano três 40 mil 217 reais e no ano quatro 37 mil 402 reais.

Você pode se interessar por: Tabela Fipe Webmotors Carros

Isso se seu carro for impecável e você conseguir vender ele pelo preço que a tabela Fipe indica. Então agora, aquele seu carro que você comprou valendo 50 mil reais, após os quatro anos, vai estar valendo 37 mil reais, ou seja, ele teve uma desvalorização de 13mil reais. Agora você entendeu o porque que carro não pode ser considerado nunca como um investimento.

Nada que te tire o sossego, te tire dinheiro, te de prejuízos e desvalorize, pode ser considerado um investimento. Isso é apenas um conforto e é uma escolha sua ter ou não.

Claro que é bom você ter um carro seu, com as suas coisas, para você pegar ele na hora que você quiser, viajar para onde você quiser, como todo conforto e privacidade que você merece, mas antes de sair por ai se iludindo que é somente o valor do financiamento e do combustível que você vai ter que pagar, analise bem a situação, faça essas contas, para não sair por aí se arriscando mais do que você deve.

Para alguém que ganha 5 mil reais por mês, comprar um carro com o valor de um financiamento de 1300 reais por mês mais todas essas outras
somas que eu mostrei para vocês agora, dando o total de 2400 reais por mês, vai custar 48% da renda da pessoa somente com o carro. Será que vale a pena mesmo?

Ninguém pode responder isso por você, mas é uma decisão totalmente sua de saber a hora e o valor que você deve pagar num carro. Talvez comprar
um carro mais barato, talvez andar um pouco mais com transporte público ou até esperar um pouco mais e conseguir pagar ele à vista. Tudo são opções. Agora, o que você não pode vir falar é negar e fingir que isso aí não existe, que isso aí não é cobrado.

Isso é cobrado para todo mundo, não importa se é um carro que vai custar 10 mil reais ou vai custar 100mil reais. Essas taxas, o combustível, o seguro, tudo isso que eu mostrei aqui é cobrado de todo mundo. Então não venha dizer que: “ai, mas o meu não acontece isso”. Se você está negando é porque você não está querendo enxergar que ele vai te custar muito mais do que você tá esperando. O carro não é um investimento, é um conforto.

Bolsa Família: quem pode receber?

cadastro unicoO Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda do Governo Federal, voltado para a assistência de famílias em situação de pobreza ou de extrema pobreza em todo o país, com o objetivo de estimular a superação de sua situação de vulnerabilidade.

A transferência de renda visa garantir às famílias o direito à alimentação e o acesso a serviços básicos, como saúde e educação. O programa atende quase 14 milhões de brasileiros e brasileiras.

Em outras palavras, são cerca de 14 milhões de pessoas beneficiadas pelo Bolsa Família, em meio ao combate à fome e à pobreza por meio da promoção da segurança alimentar e nutricional, e acesso à rede de serviços públicos, como, além dos mencionados, a assistência social.

Regras para ter direito ao Bolsa Família

E quem pode participar do programa? Bem, o Bolsa Família é direcionado para o atendimento de famílias em situação de pobreza, extrema ou não.

Desse modo, o critério que é seguido para determinar se a família se enquadra no público-alvo do programa é financeiro: classificam-se como extremamente pobres as famílias com renda mensal de até R$ 89 per capita.

Já as famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178 per capita. Para que as famílias pobres possam participar do programa, a condição é que tenham gestantes ou crianças/adolescentes entre 0 e 17 anos em sua composição.

Para que a família se candidate ao programa e seja qualificada, é preciso que ela tenha inscrição no cadastro unico para Programas Sociais do Governo Federal, com dados atualizados em pelo menos 2 anos.

Como fazer a inscrição no Cadastro Único?

Na eventualidade da família se qualificar pelo critério de renda ao programa, mas não possui a inscrição, pode-se procurar o responsável pelo Bolsa Família na prefeitura do município, para que proceda a família a se inscrever no Cadastro Único.

Aqui, é importante ressaltar que deve a família manter seus dados sempre atualizados, não deixando de informar à prefeitura quaisquer mudanças de endereço e telefone de contato, além de mudanças na constituição da família, a exemplo de nascimentos, mortes, casamentos, divórcios, adoções etc.

Ainda que o cadastramento seja um pré-requisito para poder se participar do programa, não necessariamente implica na admissão imediata da família inscrita no Bolsa Família, com o recebimento automático do benefício.

Em verdade, o Ministério do Desenvolvimento Social faz um escrutínio, mediante seus sistemas automatizados, das famílias que receberão o benefício mês a mês.

Como receber o benefício?

Para começar a receber o benefício, será preciso, em primeiro lugar, o devido cadastro no Cadastro Único, por parte da prefeitura, caso a família se enquadre na faixa de renda tutelada pelo programa.

Em seguida, haverá a seleção das famílias a receber o benefício, por parte do Ministério do Desenvolvimento Social, com base nos dados fornecidos pelas prefeituras no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal.

Devem ser atendidos os critérios de composição familiar e renda mensal per capita. Por fim, caso a família se qualifique, receberá o benefício conforme seu perfil de renda.

Como aumentar a libido sexual?

Tem experimentado problemas com a sua libido, caro leitor? Ocorre que muitos fatores podem estar por trás desse fenômeno, que nos seus casos mais graves pode levar a condições como impotência sexual. É importantíssimo para o corpo humano manter níveis adequados de libido, sem falar que a atividade sexual agrega positivamente tanto para o organismo quanto para a mente do indivíduo. Portanto, é preciso manter o “tesão” em dia. Mas, o que fazer se a minha libido está muito baixa? Tem como aumentá-la? Quais são os melhores métodos? Será que suplementos sexuais naturais são capazes de aumentar a libido sexual? Será que o Xtrasize efeitos colaterais é capaz de curar a disfunção erétil e aumentar a libido sexual.

A resposta é sim, tem como resolver o problema! Há uma série de remédios caseiros que podem aumentar a sua libido, a exemplo de vários chás naturais, que serão o foco desse texto. Nos casos mais graves, o médico deverá ser consultado, a fim de prescrever medicamentos mais potentes para combater o problema, como Cialis e Viagra, ou até mesmo injeções intra cavernosas auto injetáveis.

Antes de adentrarmos nos chás, contudo, é importante destacar algumas coisas. Ao sentir uma mudança muito brusca na sua libido — e, o que é ainda mais grave, a continuidade desse sintoma —, o ideal é procurar um especialista na área, no caso um urologista. A sua falta de libido pode ser sintoma de uma doença mais grave, ou então simplesmente de algum hábito de risco em excesso, como alcoolismo e tabagismo.

Alguns chás para aumentar a sua libido

Os chás naturais estão entre as melhores soluções para revigorar e aumentar o seu apetite sexual. Há diversas ervas e plantas com reconhecidas propriedades afrodisíacas e benéficas em geral para a saúde do organismo. Trata-se de uma ótima forma de aumentar a sua libido sem usar um método muito invasivo, já que os chás são 100% naturais.

Experimente, por exemplo, o chá de raízes de catuaba. A catuaba, além de contribuir para a libido e o desempenho sexual do homem, também tem outros benefícios para o corpo, como estímulo de funções cognitivas e ação estimulante energética. Para fazer o chá de raízes de catuaba, a receita é muito simples. Basta ferver cerca de 750 mL de água em uma panela. Tão logo o líquido comece a ferver, acrescente algo por volta de 40 gramas de raízes de catuaba. Deixe a mistura ferver por 10 minutos. Em seguida, desligue o fogo e tampe a panela, deixando repousar por 15 minutos. Lembre-se de coar antes de beber, numa dose diária que não pode ultrapassar 3 xícaras, até se sentir algum efeito na libido, x-trasize.

Outro chá muito interessante para o aumento da libido masculina é o chá de casca de marapuama. Não tem erro com essa planta, já que o cipó amazônico, além de propriedades afrodisíacas, também contribui para a melhora do fluxo sanguíneo. Muitas vezes, a falta de libido e a impotência sexual são causados por problemas no sistema circulatório.

Portanto, a marapuama encontra-se entre as melhores opções para aumentar a sua libido. Para fazer o chá, ferva 2 colheres (de sopa) de cascas de marapuama junto a 2 litros de água. Deixe ferver por 20 minutos. Depois, desligue o fogo e deixe repousar por volta de 30 minutos. Coe e tome o chá ainda morno, até 4 vezes por dia, até sentir uma mudança na libido.

Vale a pena pegar dinheiro emprestado para viajar?

Tem alguns anos nos quais nossa situação financeira não condiz com o tamanho da nossa vontade de viajar, conhecer um lugar novo e aproveitar as férias, né? Afinal, ninguém merece tirar férias e ficar trancado dentro de casa.

Porém está chegando o mês de férias escolares, férias do trabalho e você não está com aquela grana sobrando para investir em uma viagem? Já cogitou pedir emprestado para a mãe, vender o carro ou usar o cartão de crédito? Não tem essas opções? Está com medo de não conseguir pagar as contas de inicio de ano como IPTU, IPVA e rematricula dos filhos? Bom, existe uma opção muito viável se você está com todo o planejamento enrolado…

Já pensou em pedir um empréstimo pessoal para poder viajar tranquilo e pagar em várias parcelas do ano que vem? Atualmente existem no mercado vários empréstimos que são oferecidos pelos bancos para pessoas que tem relacionamento com o mesmo. Você pode fazer um pequeno ou grande empréstimo pessoal de forma online. Isso mesmo, não precisa sair de casa para pedir dinheiro emprestado para viajar.

Vale a pena fazer um empréstimo pessoal online para viajar?

A pergunta é sempre a mesma quando o assunto é empréstimo pessoal para viajar. Quer saber se vale a pena pegar um desses para bancar sua viagem de férias ou não? Confira:

1. Impacto menor no bolso

A vantagem de pegar um empréstimo pessoal para viajar (que não comprometa seu orçamento para o próximo ano, claro) é que você pode ir para o lugar que sempre sonhou e pagar isso de forma dividida. Você não vai sentir o impacto de pagar tudo de uma vez e poderá negociar um pacote em promoção. Existem alguns sites como o Groupon Viagens que oferecem viagens com preços muito mais em conta onde é possível até parcelar no cartão de crédito.

2. Melhor do que usar o cartão de crédito

Até 85% das pessoas que viajam nas férias utilizam o cartão de crédito para fechar seus pacotes de viagens ou suas férias. Porém, dependendo do seu destino essa deixa de ser a melhor opção. Se você estiver planejando fazer uma viagem em Dólar ou em Euro fica muito mais difícil controlar quanto você pagará no final do mês.

Ou seja, sua fatura pode fechar em um dia que o dólar esteja custando mais do que no dia em que efetuou a compra do seu pacote – algo muito comum para quem usa cartão de crédito com viagem estrangeira.

3. Processo sem burocracia

Um dos grandes problemas de compras mais altas no cartão de crédito ou em dólar é o bloqueio feito por algumas operadoras de cartão de crédito. Algumas pessoas relatam que ao tentar fechar pacotes de viagens em determinados sites as operadoras do cartão de crédito bloqueiam o valor por segurança.

Daí vem a parte boa do empréstimo para viajar. Ele é feito de maneira online e você ainda consegue o desconto de pagar a vista na hora de fechar o seu pacote em empresas como o groupon viagens descontos.

Por esses motivos, muitas vezes é uma ótima solução pegar dinheiro emprestado para viajar.

Como saber se tenho direito a receber FGTS?

extrato fgts

Milhares de brasileiros podem receber o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) apesar de não saberem disso.

Há pouco tempo, houve um depósito em massa dos fundos inativos, mas essa não é a única ocasião na qual os trabalhadores podem usá-lo: dá para sacar o fundo de garantia até em situações delicadas de saúde.

Para começar, o FGTS é uma quantia que vai para o trabalhador todos os meses, precisando ser correspondente a 8% do salário.

Como é depositado todo mês, é possível acumular uma poupança satisfatória, mas apenas a médio ou longo prazo. A exceção é quando a pessoa tem um salário bastante alto.

Como saber se o FGTS pode ser sacado?

Para ter direito ao fundo de garantia, o brasileiro tem de comprovar que seu contrato de trabalho foi encerrado por motivo de força maior ou existe alguma doença séria nos seus dependentes ou nele próprio.

Também se concede o FGTS quando o trabalhador avulso fica sem nenhum trabalho por três meses, quando o trabalhador se aposenta, quando os dependentes requisitam judicialmente e em várias outras situações.

A pessoa que não sabe se pode usar o fundo de garantia pode pedir ajuda à Caixa Econômica Federal para esclarecer as dúvidas e consultar o extrato fgts.

É só ir a alguma agência com a carteira de trabalho e o número PIS/PASEP/NIS; o cidadão que não tem esse número anotado pode pedir aos atendentes para consulta-lo.

O que é preciso para sacar o FGTS?

O trabalhador que confirma que pode usar o fundo de garantia tem de ajuntar certos documentos para mostrar a CEF.

Eles são comprovante de residência, carteira de trabalho, RG e os documentos específicos a para a situação que motivou o saque: se é porque a pessoa se aposentou, ela tem de levar a carta de concessão do INSS; se é por causa de uma doença séria, terá de levar o laudo médico.

O site da Caixa tem uma lista de documentos para cada um dos casos de saque do FGTS: http://www.caixa.gov.br/beneficios-trabalhador/fgts/Paginas/default.aspx.

Na hora de sacar, será preciso documento de identidade e cartão cidadão; quem não tem este último pode levar só o RG e o seu número de PIS/PASEP/NIS. O saque pode ser nos caixas eletrônicos da CEF, nas casas lotéricas ou nos guichês do banco.

FGTS inativo

O pagamento dos inativos fez com que algumas pessoas se confundissem, achando que sempre poderiam sacá-los ou que, por não o ter feito, não poderão mais usar o fundo de garantia.

Ambas as possibilidades estão erradas: os inativos foram pagos por tempo determinado e somente para quem trabalhou até 1988, mas ainda não tinha retirado o valor em questão.

Como acabaram os pagamentos de inativos, as pessoas que se encontram nos critérios explicados podem sacar o fundo de garantia em todos os períodos do ano, inclusive aqueles que tinham o inativo, mas não foram à Caixa para receber.

Há pouco tempo, esse banco deu outra utilidade ao FGTS: o de garantia para os empréstimos consignados.

Tudo o que você precisa saber sobre glúten

Olá a todos. Dr. José Campos aqui. Hoje vamos falar sobre o glúten, tudo o que você precisa saber sobre o glúten. Então estou feliz que você esteja se juntando a mim. Primeiro de tudo, o glúten é algo que tem recebido muita atenção ultimamente. Mais e mais pessoas estão se conscientizando disso. Então, o que eu quero passar hoje é explicar exatamente o que é glúten?

O que isso faz ao seu corpo?

Alguns dos riscos para a saúde associados. Por que algumas pessoas estão sem glúten? Por que eu pessoalmente sou sem glúten? E acho que todo mundo deveria pensar em ficar sem glúten. E então, eu vou entrar em algumas dicas e alguns truques para tirar o glúten da sua vida. O que procurar? Como configurar um bom plano para você e seus filhos para evitar o glúten.

Olhando ao redor do glúten é praticamente todo o nosso abastecimento de alimentos. Então você não precisa se esforçar muito para se deparar com isso, mas precisa prestar atenção se estiver tentando evitá-lo, o que espero que você esteja especialmente depois de assistir a este vídeo. Caso contrário, há muitas maneiras de o glúten entrar na sua dieta.

Então, primeiro para pessoas que não sabem, o glúten é, na verdade, uma proteína vegetal. Está presente principalmente em grãos como trigo, centeio, cevada e alguns outros. Mas a maioria das pessoas, no entanto, está exposta ao glúten do trigo, que é a grande fonte de glúten ou produtos que contêm trigo. E o glúten afeta a todos. É tóxico para o corpo de cada pessoa. Não são apenas pessoas com doença celíaca ou distúrbios intestinais. É tóxico para todos.

E nós vamos entrar nisso um pouco mais tarde. Mas o glúten consiste basicamente de duas proteínas, gliadina e glutenina. Estas são as proteínas que realmente ajudam a fortalecer a massa na fabricação de pão, e prendem o ar liberado pela levedura. Gliadina é o que causa a maioria dos problemas de saúde para a maioria das pessoas. Então, quando alguém é sensível ao glúten ou não consegue tolerar a sensibilidade ao glúten, a gliadina geralmente está causando seus problemas.

Então você pode basicamente pensar no glúten como um alérgeno geral no corpo. E quando entra em seu corpo, causa inflamação, causa problemas estomacais, desencadeia o sistema imunológico. E isso pode causar muitos outros sintomas e problemas que podem estar ocorrendo dentro do sistema, que o seu médico pode nem mesmo conhecer, e que você pode estar tomando medicamentos prescritos.

Falaremos sobre esses problemas, mas vamos falar sobre ou descrever algumas das maneiras pelas quais estamos expostos ao glúten. Se você não sabe o quão comum é esse material, é fácil pensar: “Bem, eu não uso muito glúten na minha dieta”. E eu conversei com pacientes o tempo todo ou conversei com indivíduos que dizem que eles são isentos de glúten, mas o que eles não percebem é que eles estão realmente recebendo glúten em seu sistema, bolo sem glúten.

É muito provável que você tenha algumas fontes ocultas de glúten na sua dieta que você nem conhece. Então, qualquer coisa que contenha trigo, pão,
massas, bolachas, cereais, farinha, tortillas. Mesmo coisas menos óbvias como, você pode estar comendo uma salada. Você acha que está fazendo tudo certo e se esquece dos croutons, certas barras energéticas, barras de granola. Acredite ou não, mesmo um monte de alimentos saudáveis ​​como estes lanchonetes saudáveis ​​contêm glúten, e até mesmo alimentos orgânicos contêm farinha de trigo. Alguns alimentos orgânicos contêm farinha de trigo.

Algumas coisas que você pode não saber sobre coisas como sorvete, ketchup, molhos de salada, outros condimentos, marinar molhos. Acredite ou não, o molho de soja contém glúten. Um monte de molhos diferentes que estão lá fora. Mesmo medicamentos, vitaminas, até mesmo pasta de dente, às vezes, é feita com glúten e nem é preciso colocá-la no rótulo. Itens cosméticos. Coisas que você nunca pensaria que contêm glúten podem realmente conter glúten.

Portanto, o glúten não é algo que a pessoa média encontra de vez em quando, é algo que eles encontram o tempo todo. Para muitas pessoas, provavelmente não há uma refeição que não consuma glúten. Isto significa muito mais oportunidades para agravar o revestimento do intestino delgado, agravar o seu corpo e possivelmente criar problemas digestivos, assim como muitos outros sintomas ou problemas no seu corpo.

E quero deixar as pessoas saberem o quanto isso é importante porque depois de olhar para milhares e milhares. Recebemos milhares de e-mails todos os dias de pessoas de todo o mundo. E todos os sintomas. E quando o corpo começa a se romper, e seu mecanismo de auto-cura começa a ser suprimido.

Eu olhei para várias toxinas que podem afetar seu corpo, desde adoçantes artificiais, MSG, alimentos geneticamente modificados, toxinas e produtos químicos na água, as bebidas. O glúten é uma daquelas coisas que eu sinto que é tão importante que as pessoas precisam olhar. E tão importante para as pessoas eliminarem, é por isso que estou fazendo este seminário hoje. Então, por favor, compartilhe esta informação com todos que você puder.

Então você tem que ter cuidado porque o rótulo do ingrediente muitas vezes não fornecerá as respostas mais claras. Por isso, não basta listar o glúten como ingrediente o tempo todo. E algumas pessoas dirão que mesmo a maltodextrina, que é praticamente tudo, é considerada livre de glúten, mas na verdade pode ser derivada do trigo.

Se você está tomando suplementos vitamínicos provavelmente probióticos, suplementos de enzimas. O mais provável é que estes sejam baseados em maltodextrina. Então, você poderia pensar que você é livre de glúten ou não ingerir toxinas, mas na verdade você pode estar consumindo fontes ocultas de glúten. Amido de alimentos modificados é outro ingrediente questionável.

Algo chamado gérmen de trigo. Muitos vegetarianos, quando vão comer, muitos dos substitutos da carne são feitos com trigo, o que pode até ser tão prejudicial quanto comer carne. Então você quer definitivamente olhar para o germe de trigo, e isso é produzido a partir do trigo, como eu disse. Há também coisas chamadas aglutinina, que é uma toxina produzida pelo trigo para se proteger.

Não é glúten, mas é semelhante ao glúten e pode produzir uma reação imune similar ao glúten. Um monte de pães de trigo germinados é alto neste material. E tem sido demonstrado que até mesmo uma refeição de consumo de glúten pode causar uma resposta imune por até seis meses. E é tudo sobre manter seu corpo saudável e manter seu mecanismo de auto-cura ativado. Então, por que você quer?

Estes produtos químicos e toxinas e todas as coisas que estamos colocando em nosso corpo estão apenas causando mais resposta imunológica e mais danos que seu corpo, em última instância, tem que consertar. Eu conversei com muitas pessoas sobre este assunto e uma questão que surge muito é, e quanto ao milho? O milho tem glúten nele? Bolo de banana sem glúten.

E não, o milho não tem glúten nele. Mas tem outros problemas como se pudesse ser geneticamente modificado. Ele pode estar contaminado com pesticidas como glifosato ou atrazina, que são dois poderosos produtos químicos disruptores endócrinos. Então, eu realmente não recomendo o milho como o substituto ideal sem glúten, embora milho livre de OGM ou milho orgânico seja uma alternativa melhor.

Muitas pessoas também lhe dirão que você precisa estar ciente da contaminação por glúten. Você pode ir a uma pizzaria que oferece uma crosta sem glúten. Mas foi preparado em uma área onde a massa de glúten foi manipulada? E também uma grande coisa também é, muito da crosta livre de glúten e um pães sem glúten também tem outros contaminantes neles também.

Bem, eu estou realmente esperando que haja mais alternativas orgânicas certificadas sem glúten no futuro. Mas algumas pessoas até me disseram que
são verdadeiros indivíduos estritos sem glúten, que até tiveram reações quando o pão sem glúten foi compartilhado em uma torradeira com pão de glúten ou o prato de manteiga. Alguém estava usando pão de glúten e depois havia migalhas no prato de manteiga. Na verdade, a maioria das pessoas nunca sente sintomas de toxicidade ao glúten.

Essa é realmente uma das razões que eu quero transmitir é que, cada pessoa tem uma alergia ao glúten, se você sente ou não. E eu vou falar sobre alguns desses pequenos sintomas que você pode estar tendo que podem ser causados ​​pelo glúten. Pode parecer obsessivo, mas você tem que lembrar de pessoas que são sensíveis ao glúten, não é preciso muito para os grandes problemas começarem.

Outra coisa sobre o glúten é que não só é mais prevalente na produção de alimentos do que você pode pensar, mas pode realmente interagir com outros alimentos aditivos como MSG, adoçantes artificiais, coisas assim. Agora sensibilidade ao glúten, intolerância ao glúten, doença celíaca. Todas essas condições estão aumentando agora. É o que começou este grande empurrão, que eu estou feliz por pessoas conscientes da saúde para ir sem glúten.

Então, quando estamos falando de sensibilidade ao glúten ou intolerância, que afeta praticamente todas as pessoas. Isso também pode se referir a um grupo de condições que incluem alergias ao trigo e sensibilidade ao glúten não-celíaca. Cada um deles é um pouco diferente, mas basicamente semelhante, e todos eles são basicamente uma resposta imunológica ou uma resposta alérgica ao glúten. Novamente, há muitas características e considerações diferentes, mas apenas por causa dessa conversa, vou usá-las todas de maneira intercambiável.

Então, eu não vou dizer: “Ok, você tem celíacos, não-celíacos, isso pode estar acontecendo, isso pode estar acontecendo. O que eu vou falar é apenas sensibilidades gerais para o glúten, que algumas das maneiras você pode reconhecê-lo geralmente quase que imediatamente se você comer uma refeição e tiver dor abdominal, gases, inchaço, pode ter constipação, diarréia, fadiga, fadiga 30 minutos por hora depois de comer, náusea e alguns dos casos extremos pode realmente ter vômito após ter consumido refeições sem glúten.

Às vezes as pessoas experimentam essas coisas e acham que é apenas algo acontecendo em seu corpo, intolerância à lactose ou alguma outra condição intestinal, quando é realmente uma sensibilidade ao glúten. Uma das razões que para esta conversa vamos olhar para o glúten como tóxico para todos é porque Eu estava olhando para muitos estudos que encontraram pessoas que não tinham exames de sangue científicos ou algo assim.

Um diagnóstico de alergias ao glúten, ainda experimentou uma série de sintomas como a diarréia, fadiga, dor abdominal quando eles consumiram glúten. Então, em outras palavras, você não precisa ter uma condição médica como a doença celíaca para ter problemas com o glúten.

É realmente algo que pode afetar a todos, e na verdade está causando muitos problemas para as pessoas. E muitas pessoas provavelmente estão tendo alguns problemas digestivos ou outros que estão desenfreados agora, e não sabem que o glúten é a causa disso. É tudo sobre olhar para a causa raiz de seus problemas.

Então, como exatamente o glúten afeta seu corpo? O que está acontecendo dentro do seu corpo quando você consome glúten, o que está fazendo e por que causa uma reação? Há algumas coisas para pensar aqui. Quando você consome glúten e seu corpo tenta quebrá-lo, na verdade acaba vendo seu corpo vê essas proteínas a gliadina e as proteínas do glúten como irritantes, como alérgenos, e os ataca.

Então o glúten desencadeia o sistema imunológico e isso acaba causando muitos problemas, especialmente muita inflamação intestinal. Imagine isso assim. Vamos dizer que você está dentro de uma fábrica de fogos de artifício, e você pega um daqueles pequenos foguetes de garrafa ou alguns fogos de artifício, e você acende um fósforo, e você o joga em uma pilha de fogos de artifício. Bem, a próxima coisa que você sabe, todos os fogos de artifício começam a ser filmados em todos os lugares da fábrica.

E dispara cada foguete e míssil, e eventualmente o lugar explode. É preciso apenas uma pequena faísca para desencadear uma cadeia de eventos, e a mesma coisa acontece no corpo. Estamos falando de glúten. Mas a mesma coisa acontece com várias coisas em toxinas, metais pesados ​​e produtos químicos, pesticidas e tudo o mais dentro do sistema. O glúten é o mesmo quando o corpo vê e sente que o glúten está lá, é como um fósforo acendendo.

E então, esse jogo define tudo mais. Sem mencionar o fato de que todos esses produtos químicos e toxinas. E é por isso que eu digo: “A saúde começa nos intestinos, mas a doença também começa nos intestinos”. Embora estejamos falando de glúten. Você tem alimentos geneticamente modificados. Você tem alimentos ácidos. Você tem todas essas outras coisas que podem causar síndrome do intestino permeável, pequenos orifícios no revestimento intestinal, onde essas moléculas de glúten e de proteína também podem não apenas causar danos ao intestino, mas também vazar para a corrente sanguínea.

Serviço oferecidos pelo Expressão Cidadão de Pernambuco

O Expressão Cidadão de Pernambuco é um centro governamental onde as pessoas emitem diversos documentos como agendamento rg recife e também têm informações sobre várias atividades da cidade.

Suas categorias de serviço incluem mobilidade, economia criativa, socioassistencial, socioeducativo, ouvidoria, veículos, infraestrutura urbana, policiamento, benefícios sociais, educação profissional, preservação e conservação, energia elétrica, produção agropecuária, cultura, atendimento básico, cidadania, assistência ao idoso, previdência social, infraestrutura e fome, comunicações, agropecuária e pesca, patrimônio e muito mais.

Dentre os serviços relacionados aos veículos, pode-se pedir segunda via do licenciamento e o primeiro emplacamento, por exemplo; no segmento de infraestrutura urbana, inclui-se solicitação de material, análise e licenciamento de projetos e termo de permissão de uso.

agendamento rg recife

O local tem serviços referentes à educação profissional, sendo o Projeto Vida Aprendiz e o Qualificação Profissional; ambos ajudam os jovens da região a conseguir uma profissão. Na produção agropecuária, o Expressão Cidadão de Pernambuco tem doação de sêmen de boi, venda de sementes, consultoria para a pecuária de leite e mais.

No caso dos aparelhos médicos e dos remédios, há armação de óculos e lentes de contato, comércio de medicamentos e dispensação de medicamentos. Os idosos são o foco de vários serviços desse órgão, como Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência e o Atenção Básica, no qual há acompanhamento a domicílio desses idosos, dentre outros.

Possivelmente, o setor do Expressão Cidadão de Pernambuco que tem mais serviços é o de previdência social. Ele fornece revisão de pensão, recurso administrativo, manutenção de auxílio-reclusão, informe de rendimentos do imposto de renda, cópia de processo, auxílio invalidez, nomeação de representante legal, segunda via de tempo de contribuição, comprovante anual de vida e mais.

Na Tecnologia e Informação, os pernambucanos podem contar com suporte a sistemas de informação, locação de salas de treinamento, certificação digital, Mind the Bizz e outros.

O setor de Proteção Social também integra esse serviço e dá assistência do tipo Programas de Proteção às Testemunhas Ameaçadas, Centro Estadual de Combate à Homofobia, Núcleo de Atendimento Provisório e mais.

Como utilizar o Expresso Cidadão PE

Clica-se em https://www.pecidadao.pe.gov.br/#/ e seleciona-se o serviço. Em seguida, o Expressão Cidadão de Pernambuco vai mostrar o endereço a procurar.

Para exame pré-admissional, por exemplo, é preciso ir à Avenida Rio Capibaribe, no número 147, no bairro São José.

Além disso, vários serviços são virtuais e o site do Expressão Cidadão de Pernambuco redireciona para o site em questão.

Detox emagrece mesmo?

O suco de uma laranja, duas folhas de couve, raspas de gengibre, algumas rodelas de pepino, meio litro de água… jogue tudo no liquidificador e…Você já descobriu do que a gente vai falar hoje, né?

Uma dieta que muitas pessoas vêm fazendo e que pode realmente ser ótima para o organismo… desde que feita do jeito certo: a dieta detox, melhor termogenico para emagrecer.

O que exatamente é uma dieta detox?

Será que serve pra mim? Como posso fazer pra seguir ela bem certinho? Antes de tudo, precisamos deixar uma coisa bem clara: “Detox” é um nome péssimo porque ele é impreciso. Não existe magia, a dieta detox não vai “desintoxicar” seu organismo magicamente…

Como o nome “detox” passa uma ideia errada (e exagerada) sobre o seu real objetivo, essa dieta ganhou muitos críticos que a tratam como uma fraude. Nem 8 nem 80, nem a oitava maravilha do mundo, nem uma farsa completa.

É preciso tomar cuidado e se informar, e a gente tá aqui pra isso! Então tá. Dito isso, preste bastante atenção que essa postagem vai ter muita informação que você não sabia! Ela se baseia no consumo de frutas, hortaliças, água, sopas e “suchás” – misturas de sucos e chás.

Detox faz mal?

Seus seguidores acreditam que o consumo destes alimentos ajuda no funcionamento dos rins e fígado e com isso promove a eliminação de “toxinas” acumuladas no organismo. Nossos órgãos, na verdade, já fazem esse trabalho sozinhos.

O fígado, os rins e o intestino, principalmente, trabalham no metabolismo (absorção e eliminação) de tudo o que ingerimos. Eles selecionam e direcionam nutrientes para o funcionamento ideal do corpo. O problema acontece quando exageramos. Bebida alcoólica, alimentos refinados, industrializados…

Tudo isso em excesso pode acumular uma série de metabólitos tóxicos e sobrecarregar os órgãos responsáveis pela excreção. Aí entram os benefícios dos alimentos considerados “detox”. Esse processo de sobrecarga pode ser combatido adicionando à dieta alimentos ricos em vitaminas e minerais específicos pra isso, como o magnésio,
ferro, zinco e vitamina C.

Essas substâncias que auxiliam alguns órgãos no processo de livrar o corpo de anti nutrientes, metais pesados e radicais livres. Dessa forma, ao contrário do que muitas pessoas pensam, uma dieta detox NÃO TEM como maior propósito o emagrecimento, e sim ajudar o organismo a se livrar de substâncias prejudiciais que consumimos sem saber e outras que produzidas pelo próprio metabolismo – como os radicais livres.

Por exemplo: Uma metanálise realizada pela Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde da Macquarie University, de Sydney na Austrália, em 2014, divulgou dados que sustentam que o uso de substâncias como coentro, uvas e outras frutas vermelhas, frutas cítricas, e Chlorella – uma alga que é considerada um superalimento – pode aumentar de 20 a 30% a eliminação de metais pesados, como o cádmio, por exemplo.

A detox também pode promover nossa saúde porque ela retira da nossa dieta alimentos inflamatórios – como os carboidratos brancos, por exemplo – e inclui nutrientes que favorecem as funções do fígado e dos rins. Há também outros benefícios que uma Detox alinhada com a boa ciência pode trazer, como o resgate do paladar que foi “sequestrado” por alimentos industriais repletos de aditivos químicos; uma melhora significativa do sono;  diminuição do stress e melhora importante do humor, dentre outros benefícios que podem ser observados quando evitamos alimentos refinados e empacotados.

É válido também dizer que, no curto prazo, a “dieta detox” pode promover uma perda de peso momentânea pela retirada de metabólitos tóxicos acumulados no tecido adiposo. Que maravilha! Agora só preciso andar sempre com uma garrafinha cheia de um suco detox e tomar todos os dias e vou emagrecer e ser a pessoa mais saudável do mundo, certo? Na verdade não é bem assim.

Existem muitas vertentes da dieta detox hoje em dia que enfatizam o emagrecimento como foco principal da detox. Mas não há nenhum estudo que sustente a utilização dessa dieta para o emagrecimento e isso é, inclusive, uma preocupação, pois ao invés de INCLUIR a dieta num cardápio equilibrado e hábitos saudáveis, muitas pessoas têm consumido APENAS sucos, sopas e chás em busca da perda de gordura e se submetem ao risco do déficit energético. de proteínas e gorduras – essenciais para a produção de hormônios, desequilíbrio eletrolítico, desenvolvimento de anemias e doenças metabólicas, tudo isso por pura desinformação e “marketing detox”.

Alguns sucos de fruta – como o de laranja, por exemplo – são de alto índice glicêmico e isso significa aumento da fome, aumento das chances de compulsão alimentar (especialmente por carboidratos) e elevação persistente da leptina, o hormônio que a gente já viu que produz o estímulo da fome.

Além disso, estimula a alta liberação da insulina, o que pode induzir à resistência insulínica no futuro e até diabetes. Enfim, “alimentos detox” – entre aspas! – são bons pra ajudar o funcionamento natural dos nossos órgãos, mas existe muito exagero e muitos mitos sobre o que e como fazer… e como vimos isso pode até causa mais mal do que bem!

Por isso informação e cuidado são o mais importante, ao invés de aderir a modismos. No final das contas, o que é mais importante nesse processo de ajudar o organismo a funcionar bem e se livrar de tudo que não presta é tomar uma boa quantidade de água.

A água estimula todo mecanismo natural de limpeza do corpo todos os dias! Então não esqueça de se hidratar bem, não bebendo água só quando tiver sede, pois a sede já é um sintoma de desidratação. É isso aí galera! Um forte  abraço e até a próxima!

Receitas Fit: Muffin de Banana

Hoje é dia de ‘Receitas Fit‘, oba!!

O natal esta chegando, então nada melhor do que uma receitinha saudável para ajudar na dieta né? hehe
E como vocês já sabem, minhas receitas são sempre fáceis e rápidas, então essa não poderia ser diferente! Esse muffin de banana é maravilhoso, sempre faço quando vou viajar e levo em potinhos para comer nos lanches, fica uma delícia e é super saudável!

Lembrando que você sempre pode adaptar essas receitas, basta usar a imaginação e testar!

Acompanhe o vídeo abaixo:

Ingredientes:

– 3 bananas
– 3 ovos inteiros
– 1 xícara de aveia em flocos
– 1/2 xícara de água
– 1 cs de cacau em pó sem açúcar (ou whey)
– 1 cs de canela
– 1 colher de chá rasa de fermento
– Adoçante (opcional – eu não uso)

Modo de Preparo:

Bate tudo no liquidificador e coloca em forminhas de silicone. Forno 210 graus por 20-30 minutinhos.

Cobertura:

– Pasta de Amendoim
– Geléias
– Caldinha de Whey (whey + água/whey + leite)

Muito fácil né? E o melhor é que é saudável e gostoso! Depois me conta o que achou da receita tá?

Um beijo!